Apenas conversa? Veja serviços que os chatbots podem e devem fazer

Além de desempenharem tarefas repetitivas com eficiência, os chatbots já apresentam bom desempenho em ações mais complexas também

Quantas experiências ruins de compra e atendimento você já teve? Se estiver na média do consumidor mundial, já foram tantas que nem saberia enumerar as piores.

Pois saiba que as empresas e até mesmo o setor público buscam formas de melhorar esse relacionamento, reduzindo a fricção, ou seja, etapas que geram frustração e tomam desnecessariamente o tempo das pessoas – que, como sabemos, é cada dia mais disputado.

Neste processo, a tecnologia é a principal aliada, automatizando atividades, coletando e organizando informações. Uma das tecnologias mais utilizadas é o chatbot, um substituto eficiente em tarefas repetitivas e que já apresenta bom desempenho em ações mais complexas também.

Posso ajudar?

Imagine um atendente de chat online que passa 98% do seu dia respondendo diversas vezes as mesmas quatro ou cinco perguntas:

Como solicitar segunda via de um boleto ou como recuperar a senha, por exemplo.

Uma atividade repetitiva, e felizmente já assumida com sucesso pelos chatbots. Assim, o funcionário se concentra nos casos mais complicados e o cliente tem sua demanda atendida na hora, sem espera.

Agendamento de serviços, consultas e exames também são funções exercidas com eficiência pelos robôs, com a vantagem de estarem disponíveis 24 horas do dia, sete dias da semana.

Contar com um assistente virtual para esta atividade ainda auxilia as pequenas empresas a aumentarem suas vendas, uma vez que a demora na resposta pode resultar em um cliente perdido.

Não é por acaso que a consultoria Gartner antecipou que, em 2020, a média da população teria mais conversas diárias com um robô do que com o marido ou esposa.

Integração para vendas

Do atendimento ao cliente, o chatbot migrou para marketing e vendas. Quem trabalha na área sabe que diversas atividades podem ser automatizadas, ampliando a base de captação de clientes com ações mais dirigidas.

Há diversas maneiras de se fazer isso, de acordo com o plano de marketing da empresa, o tipo de bot e os canais onde ele opera (site, Messenger, Slack, WhatsApp). Veja algumas delas:

  • Sugestão de ofertas personalizadas via Messenger
  • Reserva de voos e de carros de aluguel no site da empresa
  • Busca dos voos mais baratos
  • Pedido de comida
  • Suporte na finalização do checkout no e-commerce.

Esses são alguns dos usos mais populares dos chatbots. Porém, é importante ressaltar que, mesmo exercendo funções simples, é necessário que o bot esteja bem programado, com sua função claramente definida e com a base de informações completa.

Afinal, estamos falando de uma Inteligência Artificial que precisa de um bom suporte humano para entregar resultados.

Sua empresa precisa de um chatbot? Fale com quem tem experiência! Clique aqui e entre em contato com o time da Inbenta no Brasil.