Chatbots comunicação interna

5 maneiras como um chatbot pode melhorar a comunicação interna

Por serem bons substitutos dos humanos em atividades repetitivas, os robôs podem assumir várias funções

Mais conhecidos pelo uso no atendimento ao cliente, os chatbots estão conquistando espaço na comunicação interna das empresas.

Por serem bons substitutos dos humanos em atividades repetitivas, os robôs podem assumir várias funções também na troca de informações – um universo que está só começando a ser explorado. Veja a seguir algumas tarefas da comunicação interna que podem ser assumidas por bots:

Preenchimento e atualização de cadastros

Uma das funções do departamento de Recursos Humanos é cadastrar os colaboradores e garantir que os dados estejam atualizados. Uma função, portanto, repetitiva, que pode ser deixada a cargo de um robô.

Relacionamento entre departamentos

Por meio de uma integração com o programa usado pela empresa para a troca de mensagens internas, Slack, por exemplo, o chatbot pode atuar como um facilitador do relacionamento entre os departamentos. 

Perguntas frequentes

Funcionários também têm dúvidas sobre a empresa, especialmente no caso de corporações de grande porte, em que os profissionais estão mais distantes uns dos outros. Imagine momentos complexos, como fusões e parcerias: os funcionários ficam cheios de dúvidas. O chatbot pode ser preparado para responder às principais perguntas da equipe, poupando tempo do RH e garantindo a eficiência da comunicação interna.

Atendimento de TI

É fato! Os profissionais de TI passam um bom tempo auxiliando os funcionários com demandas repetitivas: computadores travados, lentos, problemas com envio de arquivos etc. Dependendo do caso, o colaborador pode ter de esperar um bom tempo para ter seu problema resolvido. A boa notícia é que um robô pode atuar orientando as pessoas sobre como resolver sozinhas os principais problemas técnicos do dia a dia da empresa. Com isso, os dois lados ganham em produtividade.

Endomarketing

O endomarketing é um conjunto de ações desenvolvidas pela empresa com o objetivo de engajar os funcionários e reduzir o índice de rotatividade. Apesar do marketing no nome, este trabalho visa entregar valor ao usuário e não somente criar uma imagem bacana da empresa. Em grandes empresas, o novo funcionário precisa aprender sobre o negócio e sobre a cultura interna para se sentir integrado ao time. Também é uma prática comum fazer pesquisas de satisfação e convidar os colaboradores a sugerir projetos ou ações especiais. Tudo isso pode ser organizado por um chatbot. 

Lembrete

Ao utilizar o chatbot na comunicação interna, tenha em mente que ele foi criado para colaborar com o trabalho e aproximar a equipe, e não afastar. Não use o robô como uma forma de dificultar o acesso aos gestores e departamentos-chave, como o RH, sob o risco de estar resolvendo um problema e criando outros.

Quer saber mais sobre os chatbots? Entre em contato com o time da Inbenta no Brasil!

Inbenta Team
by Inbenta Team